A captação de água efectuada durante a 1ª Fase do Saneamento Básico do Hospital de Marrere, Nampula, mostrou-se insuficiente.

Tendo em vista solucionar este imprevisto houve necessidade de reabilitar a antiga zona de captação e abastecimento, em funcionamento no tempo colonial.

Para o efeito foi controlada a erosão da mina e reabilitadas a casa de captação, o poço e o tanque elevado junto ao Hospital.

Foram adquiridas novas bombas trifásicas e será instalada nova tubagem subterrânea desde a casa de captação até ao tanque elevado.

A actividade da Fundação estender-se-á agora à instalação de um novo quadro eléctrico geral no Hospital bem como a nova alimentação, através de um gerador exclusivo da sala de cirurgia e de partos.