Reabilitação do Hospital de Marrere, Nampula: 1ª Fase do Saneamento Básico

A 12 Km de Nampula situa-se o Hospital de Marrere, num terreno pertencente à Arquidiocese. Esta unidade recebe uma média mensal 3000 utentes, tem 145 camas para internamento e funciona com as valências de Pediatria, Medicina Interna e Maternidade. É ainda a unidade de referência provincial para o internamento dos casos de HIV/SIDA  e Tuberculose.

A degradação da estrutura tem sido progressiva, sobretudo ao nível do saneamento, com o consequente impacto nas condições de atendimento e internamento.

A unidade esteve despojada de fornecimento de água desde 2002 e, aliado ao facto de assistir um número elevado de doentes infecto-contagiosos, perante a dificuldade de garantir um nível de higiene rigoroso, transformou-se num local passível de acrescentar debilidades a quem demanda as instalações (nomeadamente para dar à luz).

Perante a situação caótica desta unidade sanitária e tendo em vista a melhoria das condições de total assepsia, a Fundação tem em fase de conclusão a primeira fase do Hospital. Para o efeito procedeu à captação de água e ligação à unidade, refez toda rede de esgotos, procedeu a obras de reabilitação de todas as instalações sanitárias e respectivas canalizações.